As resenhas que nunca escrevi

Tenho uma confissão a fazer: eu, a louca dos livros, que aproveitava as férias escolares para ler no mínimo um livro a cada dois dias. Que cultiva o hábito da leitura desde os oito anos de idade. Que sabe quase de cabeça o enredo das histórias dos seus autores favoritos. Que se acabava de curiosidade nos livros e contos de detetives, que leu de Aghata Christie a Arthur Conan Doyle, Sir Edgar Allan Poe, Marcos Rey e Medeiros e Albuquerque em uma coletânea maravilhos da “Para Gostar de Ler” e que ostenta uma carteirinha de biblioteca pública até hoje, nunca resenhei nenhuma das leituras que fiz ao longo desses anos.

E ao pensar nisso, acho tão incrível e improvável ao mesmo tempo, que não consigo entender porque nunca o fiz. Quando criança, logo que comecei a ler Meg Cabot e J.K. Rowling, alternava meus estilos de leitura praticamente toda semana, ainda usando a biblioteca limitada da escola estadual em que estudava, não consigo lembrar de uma fase da minha vida em que não tivesse interesse por ler e isso aflorou desde cedo minha paixão por escrever. E o mais óbvio seria praticar minha redação aproveitando para falar sobre o que eu lia, só que nunca aconteceu.

Eis que a necessidade de ter assunto para 30 posts (sem contar que já tenho dois atrasados, mas tô dando meu melhor nesse primeiro BEDA) me fez pensar: por que não? Então vou me arriscar e tentar fazer algumas resenhas. Já sei até qual vai ser o primeiro livro e tenho uma ideia do que vou falar, mas vou querer o apoio e a opinião de vocês para saber o que posso melhorar. Acho que as resenhas, no fim das contas, vão ser mais para mim, para poder acompanhar, ao longo do tempo, como é minha visão e minha relação com os livros que leio.

Eu tinha um desafio pessoal no começo do ano de ler 52 livros em 2017 (um por semana) e já falhei com isso, estou no 16º no momento, acho que de 52 devo chegar no máximo a uns 30, e isso sendo otimista, então decidi começar daí. As primeiras resenhas que farei serão dos livros que li esse ano, que ainda estão frescos na memória e já ocupam um espaço no meu coração. Acho que resenhar os meus preferidos exige muita responsabilidade, porque quero fazer com detalhe e muito amor, não quero entregar algo meia boca, pela importância que eles têm na minha vida.

Então, fiquem avisado: vai ter resenha em breve, sim. Não garanto que vão ser das melhores (no começo), mas vão ter paixão. Vão ter uma visão crítica porque sou virginiana e ao mesmo tempo uma visão romantizada que acho que toda obra deve ter, porque tenho lua em peixes. Mas vamos deixar meu mapa astral para outro post, por enquanto, aguardem minha primeira resenha, tá chegando. Eu prometo!

20431177_10155557924597556_19488188861920874_n

 

Anúncios